fisl promove lançamento do livro "Futuros Imaginários: da Máquina Pensante à Aldeia Global"


Acontece no dia 26 de junho, durante a décima edição do Fórum Internacional Software Livre - fisl10, o lançamento e o debate do livro "Futuros Imaginários: da Máquina Pensante à Aldeia Global" do inglês Richard Barbook. Apontada pelos críticos como a melhor pesquisa e mais original avaliação da cibertecnologia entre todos os trabalhos contemporâneos, a obra literária de Barbook, que é professor e coordenador do Centro de Pesquisa de Hipermídia da Universidade de Westminster, em Londres, investiga os primórdios da Internet desde a análise do que foi a Feira Mundial de Nova Iorque de 1964.

O livro, lançado no Brasil pela Editora Peirópolis, apresenta uma análise do desenvolvimento das tecnologias cibernéticas levando em consideração suas motivações políticas e objetivos econômicos, como também a sua repercussão social. Através da obra, Barbrook desafia as novas gerações a tomarem em mãos o poder da Internet, resistirem à política do "status quo" e a utilizarem a ferramenta política mais poderosa do mundo para dar uma melhor forma ao seu próprio destino.

"Há um tom e um sentimento de guerrilha urbana neste livro, com uma mensagem ambiciosa a ser destacada. Ele é fantasticamente radical, porque nos lembra do que poderia ter sido e do que ainda pode acontecer... Muitos escritores da Internet adotam uma posição apolítica, mas Richard nos mostra o oposto - que as questões mais importantes da esfera política em nosso tempo estão relacionadas à ela.", aponta Simon Schaffer, professor da Universidade de Cambridge e apresentador da BBC.

"O futuro está sendo construído no contraponto de tendências da sociedade de controle e das forças de impulso nômades que povoam a rede e oferecem múltiplas resistências, do movimento do software livre às redes P2P. De certo modo, Barbrook lança-nos com sua navegação perspicaz neste oceano profundo e revolto.", afirma Sérgio Amadeu da Silveira, professor da Universidade Cásper Líbero e defensor do software livre.

"Futuros Imaginários: da Máquina Pensante à Aldeia Global" demonstra como os líderes dos negócios e das ideologias aplicaram uma visão cuidadosamente orquestrada de um futuro imaginário no qual os robôs lavariam louças, trabalhariam e pensariam por nós. Com os Estados Unidos na vanguarda destas promessas, o autor mostra como forças ideológicas juntaram-se para desenvolver novas tecnologias da informação durante a era da Guerra Fria e como o que foi criado moldou historicamente a Internet moderna, com consequências políticas intencionais.

Em seu primeiro livro traduzido para o português, Barbrook argumenta que se o passado fosse diferente, nosso presente tecno-político não seria como é hoje. As conclusões de Barbrook sobre o estado moderno da Internet colocam em evidência um chamado para ações relativas à como a ferramenta política mais importante do mundo deveria ser encarada.

O lançamento do livro e o debate acontecem no estande da Associação Software Livre (ASL) no Fórum. Participarão desta atividade o coordenador-geral da ASL e do fisl10, Marcelo Branco, o comunicólogo pós-graduado em hipermídia e pesquisador do Descentro, Ricardo Ruiz, e o mestre em ciência da computação e conselheiro deliberativo do Descentro, Alexandre Freire. Ambos profissionais da Descentro fizeram parte do grupo que a traduziu.

O fisl10 ocorre de 24 a 27 de junho, no Centro de Eventos da PUCRS, em Porto Alegre (RS). Mais informações no site www.fisl.org.br.

fonte: Assessoria de Imprensa fisl10

Nenhum comentário: