Apple, Google e Microsoft são alvo de processo por violação em buscas

Processo movido pela Cygnus Systems alega que as empresas usam tecnologia criada por ela em seus mecanismos de busca.

A Cygnus Systems, uma pequena de software localizada no Estado da Indiana, nos Estados Unidos, está processando as gigantes de tecnologia Micrsoft, Apple e Google por violação de uma patente, que segundo a empresa, pertence a ela. A patente em que questão é utilizada pelos browsers para permitir a pré-visualização de arquivos por meio de snapshots antes que o arquivo seja aberto.

No processo, iniciado na última quarta-feira (24/12), a Cygnus afirma que as empresas de software infringiram sua patente utilizando a tecnologia no Windows Vista, no Internet Explorer e no Chrome. No caso da Apple, a Cygnus afirma que o Mac OS X, o iPhone e o Safari também infringem sua patente. A empresa de Steve Jobs utiliza a tecnologia no Finder e na funcionalidade Cover Flow do sistema operacional Mac OS X.

Apesar de o processo mirar apenas as três maiores empresas de software, estas podem não ser as únicas na mira da Cygnus. “Estas eram o ponto de partida mais lógico para nós”, afirma Matt McAndrews, sócio do escritporio de advocacia Niro, Scavone, que representa a Cygnus. “Mas estamos trabalhando para identificar outros potenciais produtos que possam infringir esta patente”, completa o advogado.

McAndrews afirma que o proprietário e presidente da Cygnus, Gregory Swartz, desenvolveu a tecnologia e a patenteou enquanto trabalhava como consultor em projetos de tecnologia. A companhia busca por uma “compensação razoável” e também quer se previnir de possíveis casos reincidentes, informou o advogado.

O processo está sendo feito tratado por uma corte federal no Estado do Arizona (EUA). O pedido de patente foi feito em 2001 e está registrado sob o número 7346850 com o título "System and method for iconic software environment management". A patente foi concedida e março daquele ano.

Fonte: idgnow

Nenhum comentário: