GRUB insere código da Oracle para suporte ao ZFS

Os desenvolvedores do GNU responsáveis pelo GRUB anunciaram que importaram para o projeto o código de suporte ao sistema de arquivos ZFS que foi originalmente distribuído pela Oracle no Solaris – oferecendo assim suporte ao ZFS nas demais plataformas em que o GRUB opera.
Os responsáveis pelo ato explicam sua opinião sobre este código distribuído originalmente pela Oracle estar necessariamente coberto pela GPL e isento de riscos de ações relacionadas a patentes da Oracle contra seus usuários, com base em sua conclusão (mesmo na ausência dos requisitos que o projeto usualmente exige para isso) de que oa Oracle se colocou sob as condições da GPL quanto ao uso de patentes que cubram as funcionalidades deste mesmo código.
O anúncio não menciona qualquer confirmação da Oracle sobre a propriedade do código em questão, as patentes relacionadas ou mesmo a incorporação do código ao GRUB mainline.

Fonte: br-linux 

Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto. 

Kyapanel- Gerenciando seu hosting com software livre.

O Kyapanel é um software livre para gerenciamento de servidores Linux. que melhora a administração de  redes.

Atualmente  possui doi modulos de gerenciamento, o de email  e gestão do samba.

O módulo para  seriço de E-mail, gerencia servidores com Postfix + Courier e duas opções de base de dados que podem ser usados OpenLDAP e SQL, que você poderá optar por usar o PostgreSQL ou MySQL.

O kyapanel pode ser integrado ainda ao Active Directory permitindo a sincronização de usuários e senhas para servidores windows os usuários de e-mail que ficam armazenados no OpenLDAP.

O módulo de Gestão do Samba possui uma interface amigável para o gerenciamento de  compartilhamentos e permissões de acessos dos usuários, mostra em real time, todos os usuários validados e o que cada um deles está acessando no servidor.

O software tem sua interface desenvolvido  em PHP, núcleo em Shell Script e base de dados OpenLDAP ou SQL.

Possui uma instalção extremamente facil e centenas de opções administrativa que vao facilitar o gerencimaneto dos seu servidores ou hosting.

Conheça mais informações no site do projeto kyapanel

Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto.

Super descontos no Livros da novatec

O defendendoolinux fechou uma parceria com a editora  NOVATEC  e todos os leitores do blog terão 20% de desconto na compra de qualquer livro, bastando apenas informar o código DEFLINUX no carrinho para ter o desconto.

.
Conheca alguns titulos da NOVATEC abaixo:
 

JavaScript Guia do Programador - Este livro descreve detalhadamente objetos, construtores, métodos, funções, propriedades e constantes definidas segundo as recomendações do W3C e as ECMAScript... mais
Programação Java para a Web - Este livro mostra passo a passo como desenvolver uma aplicação web utilizando a linguagem Java e as tecnologias mais poderosas e populares no arsenal dos desenvolvedores, como JavaServer Faces e Hibernate... mais

Desenvolvimento de Grandes Aplicações Web - Este livro oferece passos práticos para o desenvolvimento de aplicações sólidas que permaneçam eficientes mesmo após a adição de novas características, funções e usuários... mais
WordPress 3 Básico - Com este livro você aprenderá como instalar, configurar e personalizar o WordPress para torná-lo o CMS perfeito para seu próximo projeto... mais

MOODLE para Autores e Tutores - Educação a Distância na Web 2.0 - Com este livro o leitor terá acesso às técnicas de criação de cursos com o MOODLE e poderá explorar e conhecer sugestões de uso dos principais blocos, recursos e atividades do software... mais
CodeIgniter Framework PHP - Neste livro são abordadas todas as etapas desde a configuração do ambiente de testes até as operações com banco de dados, upload de imagens e carrinho de compras... mais

CSS Cookbook - Este livro de receitas oferece centenas de exemplos práticos para a utilização de CSS na formatação de suas páginas web e inclui exemplos de código que podem ser utilizados imediatamente... mais
Wikipédia - O livro mostra como começaram, como funcionam e como estão evoluindo a Wikipédia, a filosofia wiki, as diversas formas de colaboração, além de como saber navegar pelos infinitos corredores de assuntos que a enciclopédia aborda..



Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto

Reinstalando o grub pelo livecd do ubuntu 8.10, 9.04 ou 9.10!

Essa semana tentei mudar o gerenciador de boot da minha maquina instalando GAG (The Graphical Boot Manager) , que mostramos como instalar  e configurar para ser utilizado com o windows em um post anterior. Clique para ver. O que na verdade acabou não funcionando corretamente só com o kubuntu, necessitando reinstalar o grub novamente para que voltasse a utilizar o sistema.

Essa é uma tarefa bem simples bastando apenas seguir os passos abaixo:

Dê o  boot  pelo  live cd:

Abra o terminal ou konsole:

tiago@reiera-desktop:~$ sudo su

Entre no prompt de comando do grub:

root@reiera-desktop:/home/tiago# grub

grub> find /boot/grub/stage1

apresentará a saída:

(hdX,X)

grub> root (hdX,X)

Depois digite para concluir a reinstalação do grub:

grub> setup (hdX)

e use o comando quit para sair do prompt do grub:

grub> quit


Agora reinicie a maquina e o gerenciador de  boot já esta  novamente pronto para uso:

root@reiera-desktop:/home/tiago# reboot





Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto.

Dica linux- Configurando o teclado via linha de comando

Olá amigos,

Nessa dica irei mostrar como configurar o seu teclado via linha de comando no linux:

tiago@reiera-desktop:~$ sudo loadkeys br-abnt2

ou direto como root:

root@reiera-desktop:/home/tiago# loadkeys br-abnt2

Com essa dica vocẽ poderá carregar vairos tipos de teclados que é bastante  util para agilidade na  administração do seu sistema.
Mais detalhes:  man loadkeys


Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto. 

OPENNMS- Instalando e configurando o opennms- Software livre para gerenciamento de redes

Na primeira parte desse artigo  Conhecendo o openNMS- Software livre para gerenciamento de redes Parte I,  mostramos algumas utlidades do openms e na segunda parte iremos mostrar como instalar e configurar  o opennms para nos auxiliar no gerenciamento da rede.

Primeiro será necessário adicionar os repositórios do opennms no seu source list /etc/apt/sources.lists.

 deb http://debian.opennms.org stable main
 deb-src http://debian.opennms.org stable main

(Caso queira utilizar uma versão em desenvolvimento utilize os endereços abaixo:

 deb http://debian.opennms.org unstable main
 deb-src http://debian.opennms.org unstable main

Adicone a chave pgp do repositorio OpenNMS.  22EE DDA6 8698 B02F B2EC  50B7 062B 8A68 4C4C BBD9

 wget -O - http://debian.opennms.org/OPENNMS-GPG-KEY | sudo apt-key add -

Atualize a lista de pacotes:


   apt-get update

E instale o OpenNMS:

   apt-get install opennms


Após completar instalação do opennms e suas dependências é necessário exportar a variável $OPENNMS_HOME.

 export OPENNMS_HOME=/usr/share/opennms


Configurando a  base de dados:

Inicie o postgresql
    /etc/init.d/postgresql-X.X start
  


Edite o arquivo  pg_hba.conf no diretorio /etc/postgresql/X.X/main para permitir a autenticação no postgresql



 local   all         all                               ident sameuser
 host    all         all         127.0.0.1/32          ident sameuser
 host    all         all         ::1/128               ident sameuser

Altere o  "ident sameuser" para  "trust":

 local   all         all                               trust
 host    all         all         127.0.0.1/32          trust
 host    all         all         ::1/128               trust

Edite postgresql.conf e permita as conexões por tcp/ip.


 tcpip_socket = true

ou em versões mais recentes:

 listen_addresses = 'localhost'

configure o numero máximo de conexões:

 max_connections = 60


Criando o banco de dados do openms:


sudo -u postgres createdb -U postgres -E UNICODE opennms"

Instale o  IPLIKE .

 apt-get install iplike-pgsql83


Informe onde o OpenNMS ira achar o java:



 $OPENNMS_HOME/bin/runjava -s

Caso queira usar um jdk especifico utilize o comando abaixo:

 $OPENNMS_HOME/bin/runjava -S /usr/java/jdk1.5.0_12/bin/java

Adicione o  JAVA_HOME no arquivo /etc/default/opennms

 JAVA_HOME=/usr

Inicializando o  OpenNMS e o banco de dados:


 $OPENNMS_HOME/bin/install -dis

As vezes  é necessário dizer onde o opennms poderá achar o libjicmp.so.

 # i386 Exemplo
 $OPENNMS_HOME/bin/install -dis -l /usr/lib/jni:/usr/lib
 # x86_64 Exemplo
 $OPENNMS_HOME/bin/install -dis -l /usr/lib64/jni:/usr/lib64

Caso apareça um erro  durante uma instalação informando que  "plpgsql" não existe, digite o comando abaixo:

createlang -U postgres plpgsql opennms

Inicializando  OpenNMS


 sudo /etc/init.d/opennms start

Após instalar voce podera acessa-lo atraves do endereço abaixo:

 http://127.0.01:8980/opennms/
Usuário: admin
senha: admin

Descobrindo os serviços na rede:



Primeiro precisa saber quais os dispositivos que  você quer descobrir (roteadores, switchs e etc), o opennms faz uma varredura com ping(protocolo icmp) na sua faixa de endereço.
eira lsita os serviços que encontra nessas maquinas. Voce pode configura as faixas de endereços no caminho Home / Admin / Discovery / Modify Configuration page e começar a fazer o monitoramento.



Por fim iremos configura o email do administrador para que ele receber os alertas gerados pelo openmsn.


Para começar, nós precisamos configurar o usuário "admin" principal para não ter um endereço válido de e-mail.

   1. Entrar como administrador para a interface Web
   2. Ir para a Admin na barra de menu
   3. Na seção de Operações, definir a Notificação botão Status é qui e clique no botão Atualizar
   4. OpenNMS na seção Sistema, vá para o usuário configurar, grupos e funções e, em seguida Configure usuário
   5. Clique no ícone em "Modificar" para o usuário admin
   6. definir o endereço de e-mail e clique no botão Concluir


Agora o openms já esta configura e poderá descobrir os serviços na rede assim como fazer os inventários de hardware das maquinas.

Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto.

Veja mais notícias Linux tutoriais do blog aqui.

Defendendo o o linux, blog  o linux  na veia.

Guia Mangá de Cálculo Diferencial e Integral



Caros leitores,

Hoje resolvi abrir um offtopic aqui no blog, sei que muitos dos nosso leitores fazem ou já fizeram uma faculdade na area de TI. E  tiveram que pagar a matéria de calculo diferencial e integral, o que acaba trazendo dificuldades para muita gente.

Fazendo uma pesquisa hoje sobre livros desse assunto, acabei encontrando um mangá editado pela Novatec, após ler primeiro capítulo, gostei muito da abordagem divertida do livro, corri até uma livraria e acabei comprando.

Serve como dica para  possamos  ver  calculo diferencial e  integral de outra maneira.


Mais informações:
Autor: Hiroyuki Kojima e Becom Co. Ltd.
ISBN: 978-85-7522-208-9
Páginas: 256
Ano: 2010


Preço: R$ 39,00

OpenNMS- Conhecendo o openNMS- Software livre para gerenciamento de redes Parte I

O openNMS é um software livre(open source) para  gerenciamento de redes, principalmente para camada de aplicação.



É desenvolvido em java, utiliza banco de dados postgresql e esta atualmente na  versão 1.8.0, com pacotes para os seguintes sistema operacionais:

 RedHat, Mandriva, Deb , Mac OS X e Windows.





Possui as seguintes características:

Descoberta de dispositvos e serviços;

Monitoração e coleta de dados;
Gráficos estatísticos
Base dados para inventários

O software pode ser baixado pelo site do souce forge e você encontra mais informações na pagina oficial do projeto  openNMS.



Na próxima parte desse turorial iremos mostrar como instalar e configurar o OpenNMS no Ubuntu Server, até sabado.

Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto.

Defendendo o o linux, blog  o linux  na veia.

Software livre - Criando um ghost da maquina com o savepart, freedos e gag parte2.

Na semana passada na parte 1 desse  tutorial, mostrei para  vocês o freedos, GAG e savepart. Na segunda parte irei mostrar como o combinado desses  softwares irá nos ajudar a fazer um ghost com software livre, usando senha e o melhor, qualquer usuário leigo poderá restaurar-lo.

Sempre que preparo  uma imagem ghost dessa maneira crio 3 partições em disco:

1- Sistema operacional
2- Arquivos
3-Partição primária FAT32 para o freedos.


Após fazer esse particionamento, instale o seu sistema operacional com todos os  software adicionais necessário para o funcionamento correto da estação de trabalho. Nesse ponto a maquina  estará pronta para ser feito o ghost, quando  for restaurado a imagem o usuário não precise instalar nenhum outro software.

Passo 1- instalando o Freedos 1.0 base.


Baixe a imagem direto do site do projeto neste link:


Freedos

Grave a  imagem em  um cd , para poder iniciar a instalação.


O freedos conforme falado anteriormente só reconhece partições fat32 e ele irá reconhecer essa partição como disco c:, caso você esteja fazendo uma imagem de uma maquina  windows, não se assuste pois ele  não irá apagar o seu sistema.


Após o boot com o cd do freedos, escolha a opção 1 e pressione enter:
Continue  to boot freedos  from cd



Na proxima tela escolha novamente a opção 1 pressionando enter:

installing to harddisk



escolha o idioma


Tecle enter e aguarde  a conlusão da instalação, após isso retire o cd do freedos e coloque o cd do GAG.

Passo 2: instalnado o Gerenciador de  boot livre GAG.

No boot escolha opção 4



pressione enter na proxima tela para continuar



escolha a opcao de teclado



escolha o  idioma


Na proxima tela iremos iniciar a configuracoes do gag.



Pressione c para entrar no modo configuração



pressione r para remover um disco e 1 para remover a opção de disquete

após isso você irá voltar para a tela de configuração novamente e pressione a para adicionar o sistema operacional escolha para primeira opcao o disco que esta instalado o sistema operacional principal.



Escolha a letra que esta representado o disco na tela abaixo:



No nosso exemplo B

Digite o nome que  você dará para essa opção e pressione enter.




ele ira pedir uma senha mas essa  partição nao precisara de senha entao pressione enter.





escolha um icone para esse disco



Proximo passa será gravar essas configurações no disco pressionando a tecla i no menu prinicpal.





Agora  configuraremos a particao onde esta o freedos que servirá para armazenar a  imagem do  ghost.

Clicaremos na opcao A novamente .






Escolheremos o nome ghost


Na próxima tela colocaremos uma senha, que no nosso exemplo sera 7777



escolheremos um icone no caso letra e



e digitaremos novamente i para gravar no disco



Terminando a configuracao do gag iremos escolher qual particao irá da boot automatico e quanto tempo o gag deverá esperar para isso.


pressione a tecla L no menu principal.

Digite o numero em segundos no nosso  exemplo 20s.




Pressione enter e escolha a partição   onde esta instalado  o sistema operacional principal.


Pressione a tecla i novamente para  gravar as configurações.


Agora reiniciar a maquina inicialize a partição principal e iremos copiar os arquivos do savepart que estao na pasta "autoexec freedos" e podem ser baixados nesse link  para a raiz da partição  freedos, ele irá pedir para substituir alguns arquivo e você deverá confirma essa  informação.


Reinicie novamente a maquina, escolha a opção 2 no boot , digite a senha cadastrada anteriormente, para da o boot no freedos.


Ele irá iniciar o savepart automatico, pressione a tecla C para cancelar a execução do savepart e acessar  o prompt do freedos.



No prompt do freedos  digite salvar para iniciar processo criacao da imagem.



Após o savepart terminar de salvar  a imagem do disco seremos redirecionado para o prompt do freedos novamente, onde deveremos reiniciar a maquina com o comando reboot.

A partir de agora teremos uma imagem da particao principal salva no disco e para restaura-la basta penas escolher a opção 2 antes do boot digitar a senha e deixar que o savepart fala todo o trabalho por você. No meu caso essa ferramenta esta servindo muito tendo em vista que agora raramente preciso sair de natal para joão pessoa para ter que formatar maquinas.


Na próxima semana irei escrever um tutorial de como montar um pequena central sip com o asterisk.


Siga o def_linux no twitter, em breve estaremos sorteando camisas defendendoolinux e um exemplar do livro redes de computadores do Carlos Morimoto.

Software livre - Criando um ghost da maquina com o savepart, freedos e gag parte1.

No nosso  dia á dia é muito importante conhecermos ferramentas que possam facilitar a nossa  vida na execução das tarefas diárias. Umas dessas ferramentas que podem diminuir o nosso trabalho, são as ferramentas de ghost que nos auxiliam a restaurar as imagens das  maquinas para um estado anteriormente salvo. Nessa primeira parte irei apresentar as ferramentas e na segunda parte irei mostra como usa-las.

Existem varias ferramentas  pagas, porem nesse tutorial parte irei apresentar 3 ferramentas livres que combinadas, nos proporcionam restaurar uma maquina em minutos e o melhor de tudo é que qualquer usuário pode fazer essa tarefa, bastando apenas escolher a opção de  boot e  digitar uma senha.



Freedos: FreeDOS  é um sistema operacional Livre para a arquitetura x86 que visa dar compatibilidade com os programas dos já conhecidos sistemas operacionais compatíveis com DOS podendo ser copiado, utilizado e modificado livremente.




 A princípio,GAG (The Graphical Boot Manager) é um gerenciador de boot livre  contém as principais opções também já existentes nos principais gerenciadores de boot do mercado, como o Grub e o Lilo. Podemos destacar a a possibilidade de atribuir uma senha ao menu de configuração,  que usaremos para proteger a partição com  ghost da máquina.



Partition Saving (Savepart) é um programa que salva, restaura e copia seus discos rígidos, partições  e outros periféricos DOS, Windows e Linux.
Desta maneira, você poderá salvar suas partições em apenas um arquivo e salvá-lo num CD ou autros periféricos de armazenamento. Em caso de perda na partição ou problemas de instalação de softwares, você ainda poderá restaurar a versão funcional de backup.

Na segunda parte desse tutorial que colocarei na próxima semana, iremos mostra como utilizar um script modificado do savepart junto com o freedos e GAG para restaurarmos uma imagem de  uma maquina e facilitando o nosso trabalho.

Contribua com o folhalivre, software livre para folha de pagamento.

Ultimamente tenho criado posts para o para tentando mostrar alguns projetos livres interessantes que estão parados por falta de  crontibuições.

Ja citamos o  Wponto e Sisponto, Kernel pt_br e etc.

Dessa vez iremos  mostrar o folhalivre uma alternativa aos softwares de   folha de pagamento proprietários.


O folha livre é  software desenvolvido em object pascal, utiliza  o banco de dados  livre firebird, diagramação xml.

É software multiempresa, multiusuário, controle de acesso, possibilidade de gerar varias  folhas  no mês alé de outras caracteristicas.

A ultima versão lançada foi a versão 1.5 lancada em fevereiro de 2008 para  windows, portanto aguardando contribuições para porta-lo para linux.


Voce poderá contribuir doando com o projeto, respondendo a lista,   divulgando e desenvolvendo.


Mais detalhes sobre o projeto:

http://folha-livre.sourceforge.net/

Conheça 2 softwares livres para ponto eletrônico que necessitam de contribuição.

Existe algum  tempo que  venho  tentando chamar atenção dos leitores do  blog para a contribuição com  o software  livre.
Recentemente  pesquisando  sobre softwares  livres para ponto eletrônicos, consegui 2 projetos  disponíveis no  sourceforge. São projetos  interessantes, escritos em  php e que poderiam ter  um nível de contribuição melhor.

Wponto:
Sistema de ponto eletrônico web em php com  suporte a mysql, firebird e  postgresql. Este projeto  é baseado em  outro software livre, o sysponto e a versão 1.1.3  pode ser baixada no link abaixo:

http://sourceforge.net/projects/wponto/

Sisponto:


Sistema de ponto eletrônico em php com  suporte ao banco de dados  postgresql,
com layout inspirado no  timeclock, atualmente  encontra-se parado na   versão 0.1 podendo ser  baixado no  link abaixo:

http://sourceforge.net/projects/sisponto/

CMS- Conheça 4 softwares livres de gerenciamento de conteúdo para websites

 Hoje na internet tem  uma  diversidade muito grande de gerenciadores de  conteúdo, abaixo mostro  4  softwares livre para gerenciamento de conteúdo de fácil  utilização e suas características.

Drupal:


O Drupal é um gerenciador de  conteudo(Content Management System) completo para websites,

podendo ser usado em comunidades,  blogs, site, forum e etc.

Licenciado em GPL, o Drupal é desenvolvido em php com suporte a mysql e  possui fácil 

instalação.

Download do drupal: http://drupal.org/download

mais  informações: http://drupal-br.org/
 http://drupal.org/


Joomla

  O Joomla é  cms livre desenvolvido em php com suporte a  mysql, de facil utlização eliminando a necessidade de usuários com conhecimentos  técnicos.


O Joomla utiliza diferentes grupos de usuários, com nomes auto-explicativos e nível de permissões crescente, onde  no  frontend, possui  usuários registrados, autores, editores,

publisher. Backend   manager, administrator e super administrator.

Possui  modulos que podem ser  instalados ou desistalados facilmente no admistrador .

Download: http://www.joomla.org/download.html

Mais  informacoes: http://www.joomla.com.br

http://www.joomla.org/ 



Tikiwiki:


É um cms altamente customizavél, podendo  habilitar e desabilitar componentes além possuir  varios recursos  wiki, blog, forum, chat e área pessoal.

Desenvolvido em php, utiliza banco de dados mysql, com suporte para PostgreSQL, Oracle, Sybase  e Microsoft SQL Server, podendo ser  usado em qualquer  qualquer servidor Web que possua suporte para PHP.

Mais informações  e  download no site do projeto Tikiwiki.  

Plone:
  é um ótimo CMS de código aberto escrito em  python,   que roda sobre o servidor de aplicações Zope e o framework CMF (Content Management Framework).

Download: http://plone.org/products/plone


Maiores  informações:

http://plone.org

http://www.tchezope.org/

Gerenciando seu conteudo com o Tiiwiki.

Existem varios softwares livres para gerenciamento de  conteúdo , dentre eles  podemos destacar  o tikiwki, que  é altamente customizavél, podendo  habilitar e desabilitar componentes.

Além de  wiki o  tikiwiki possui vários recursos como  blog, forum, chat e area pessoal.

Desenvolvido em php, utiliza banco de dados mysql, com suporte para PostgreSQL, Oracle, Sybase  e Microsoft SQL Server, podendo ser  usado em qualquer  qualquer servidor Web que possua suporte para PHP.




Mais informações  e  download no site do projeto Tikiwiki.

Projetando e simulando redes com o software livre SiReViW

Procurando uma ferramenta  livre onde eu conseguisse simular uma rede  virtual, após  alguns segundo de  procura no google,  cheguei ate a ferramenta web SiReViW criada pelo Almerindo Nascimento Rehem Neto e Gilmar Nunes da Silva. Existe um tutorial na  pagina ensinando como  utilizar a ferramenta e como fazer  instalação no windows, neste post apenas  ensinarei como  fazer o deploy para o tomcat no linux já que na pagina do autor  existe um turorial de como  utilizar-la.


Existe um artigo aqui no  blog como  instalar o  tomcat no  linux de  nome:

Tutorial linux- Instalando o java e o Tomcat 5.5 no Ubuntu server:



Após serguir o tutorial acima, baixe o  SiReViW , abra o seu navegador e acesse  o endereço ip onde o  tomcat  foi instalado.

Ex: 192.168.0.3:8080

Clique no  link Tomcat Manager digite  login e senha do  tomcat.




Na página manager/html ira ter uma opção de nome WAR file to deploy:



Clique no botão arquivo escolha o redevirtual.war, basta clicar  no botão deploy e aguarde o arquivo subir para o servidor.

Após a conclusão irá aparece o projeto redeVirtual que poderá ser acessado pelo link:

http://192.168.0.3:808/redeVirtual

 Agora  basta  acessar a  pagina do autor e seguir o tutorial para criar o seu projeto.

Kernel pt_BR- Um projeto interessante necessitando de contribuição.

Lendo o BR-Linux hoje, vi uma resenha do projeto Kernel pt_BR, um projeto  interessante onde  todos os  membros da comunidade podem contribuir, do mais  novo ao mais experiente. Segue abaixo a resenha:

“O centro de treinamentos de TI, Elaborata Informática, localizada em Curitiba, no Paraná, está patrocinando um projeto importantíssimo para a comunidade do software livre: a tradução para português dos menus de compilação do kernel do Linux. O projeto foi batizado com o nome Kernel pt_BR. Sendo assim, a Elaborata Informática convida a todos para colaborar na atualização do patch, que atualmente encontra-se na versão 2.6.24, assim como para traduzir as novas versões. A história, assim como os arquivos, estão disponíveis no site: www.kernel-ptbr.org.” [referência: kernel-ptbr.org]

PSL-RN organiza o dia Livre 10.01 com a palestra "Googler, vida e trabalho no Google NYC"

 O PSL-RN Realizará no dia 15/01 as 20:00h no Auditório do IFRN o primeiro dia  livre  do ano de  2010 com a palestra "Googler, vida e trabalho no Google NYC" ministrada pelo natalense engenheiro do Google Daniel Amaral de Medeiros Rocha. O Dia Livre é uma iniciativa  para divulgar e promover o software livre no Rio Grande do Norte, mostrando os benefícios da utilização de softwares livres de alta qualidade nas mais diversas esferas além de repassar o conhecimento necessário, básico à avançado, para uso do software, para que a divulgação possa atingir seu objetivo mais efetivo. Não é  necessária inscrição. 

Mais detalhes: http://rn.softwarelivre.org/dialivre/10.01/