Mercado de código aberto crescerá 22,4% anualmente até 2013

Consultoria IDC diz que segmento alcançará receita de US$ 8,1 bilhões em quatro anos, pois sistemas registram maior aceitação entre empresas.

O mercado global de programas de código aberto - sistemas que podem ser modificados por qualquer desenvolvedor - crescerá a uma taxa anual de 22,4% até 2013, quando a receita do segmento deve alcançar 8,1 bilhões de dólares, aponta estudo da consultoria norte-americana IDC, divulgado na sexta-feira (31/7).

O otimismo em relação a este mercado, segundo a empresa, se deve ao fato de os softwares de código aberto terem tido uma aceitação muito maior entre as grandes companhias nos últimos 12 meses. Além disso, a melhora no cenário econômico acelerou a adoção desse tipo de sistema.

De acordo com o vice-presidente do grupo de soluções corporativas da IDC, Michael Fauscette, o mercado de sistemas de código aberto deu um grande salto durante a crise econômica mundial. O executivo afirma que este tipo de software, atualmente, é visto como estratégico para as empresas.

Tendo em vista que a indústria de tecnologia da informação continua se consolidando, é importante que os fornecedores de softwares de código aberto, diz Fauscette, ganhem escala. Segundo o executivo, grandes empresas que atuam no setor de software e serviços, como IBM, Sun, Dell, HP e Oracle, estão obtendo um bom faturamento oferecendo suporte e sistemas de código aberto.

O modelo híbrido, que mescla código aberto com softwares proprietários, segundo a IDC, deve prevalecer no mercado, com a adição do conceito de software como serviço, em que o cliente paga apenas pelo uso do sistema e a infraestrutura de hardware fica a cargo do fornecedor.

Fonte: idgnow


Nenhum comentário: