Comitê de Implementação de Software Livre do Governo Federal busca ampliar o uso de SL no país

O Comitê de Implementação de Software Livre do Governo Federal, na palestra homônima ocorrida ontem, dia 26 de junho, no fisl10, apresentou seus projetos envolvendo a tecnologia de código aberto. Na ocasião, os membros da mesa mostraram como o Governo Federal vem utilizando o SL e como pretendem ampliar o uso desta tecnologia.

"Criamos uma política de colaboração e implantação de software livre, agora queremos saber quais ações devemos fazer para atingir toda a sociedade e tornar o SL proveitoso economicamente para o país." afirmou o diretor-presidente do Serpro, Marcos Mazoni.

Na ocasião foram apresentados os públicos que mais utilizam o Software Livre dentro dos órgãos governamentais e os investimentos feitos para a ampliação de usuários.

" Ao invés de apenas utilizar o Software de código aberto, queremos interagir e estamos propondo a implantação de uma política pública de uso de software livre" disse o coordenador do Comitê Executivo do Programa Serpro de Software Livre, Deivi Kuhn.

No painel também foram apresentados os objetivos futuros do Comitê de Implementação de Software Livre do Governo Federal, além de mostrar a estratégia adotada para alcançar os mesmos.

" O objetivo do comitê de implantação de software Livre do Governo Federal é transferir o investimento feito em software livre para sociedade." falou Marcos Mazoni. O painelista Deivi Kuhn ainda acrescentou que quanto mais mais pessoas usarem o software livre, mais pessoas tendem a buscar esta tecnologia.

Participaram da Palestra Marcos Mazoni, Deivi Kuhn, o membro do GT Capacitação do Comitê, Ézyo Lamarca e o gestor do Centro de Difusão de Tecnologia e Conhecimento (CDTC), Djalma Valois.

O 10° Fórum Internacional de Software Livre se encerra hoje, dia 27 de junho.

Nenhum comentário: