Caixa Econômica Federal lança software livre Minuano na Fisl 10

São Paulo - Solução foi desenvolvida em Linux e será usada pelo setor público e governo para realizar teleconferências e videoconferências. A Caixa Econômica Federal (CEF), patrocinadora e participante do 10º Fórum Internacional de Software Livre (Fisl 10), assina nesta quarta-feira (24/6) uma carta de intenções para disponibilização do software livre Minuano, desenvolvido pelo próprio banco.

O aplicativo foi desenvolvido em Linux e será usado pelo setor público e pelo governo em teleconferências e videoconferências, “promovendo drástica redução de custos em vista da eliminação e racionalização de grande parte das reuniões presenciais e deslocamentos”.

Segundo a CEF, o aplicativo usa padrões abertos e aderentes à política de software livre do governo federal. Além disso, a solução mantém os arquivos de áudio e vídeo gravados na web e permitem que eles sejam baixados, servindo para consulta.

Fonte: idgnow

Um comentário:

claudionor disse...

Vamos ver se funciona ou é igual às aplicações de agência e demais software livre que prega-se a utilização mas nunca são utilizados dentro das agências da CEF, ou deve ser igual outras aplicações empacotadas que emperram o atendimento diario nas agências. Isso, em alguns anos, gastando-se até 1Milhão de Reais em desenvolvimento de software não livre. É como falava um cara da GISUT-MN, é pura lambança.

Ass. Claudionor Carpina de Matos. Funcionario da agência madeira mamore - Porto Velho - RO. Graduado em Gerenciamento de Redes e pós-graduado em Engenharia de Sistemas.