Juiz que analisaria julgamento do Pirate Bay é afastado na Suécia

A novela sobre o julgamento do site The Pirate Bay ganhou mais um capítulo nesta quinta-feira (21), com a revelação do afastamento do juiz designado para averiguar se o veredicto do magistrado do caso foi tendencioso.

Ulrika Ihrfelt foi o juiz apontado para investigar se os quatro cofundadores de um dos sites de torrents mais famosos do mundo devem ter um novo julgamento, com base nas revelações de que o juiz responsável pelo veredicto do caso, Tomas Norstrom, é membro de associações de direitos autorais.

No entanto, segundo o site da revista Wired, Ihrfelt foi retirado do caso, com a revelação de que ele era membro da mesma organização de direitos autorais, segundo informou um jornal sueco. (via www1.folha.uol.com.br)

Fonte: folha

Nenhum comentário: