Brasileiros passam 51 minutos por dia em sites pessoais no trabalho


Os funcionários de empresas brasileiras passam em média 51 minutos por dia navegando em sites não relacionados a trabalho, segundo o estudo Web@Work 2008, divulgado pela Websense. O tempo médio gasto em sites de uso pessoal caiu 28,2% em relação a 2007.

Os responsáveis pelo estudo atribuem três razões principais ao fenômeno: as empresas estão mais conscientes e pararam de tentar barrar o tráfego pessoal, o que gerou uma resposta positiva dos funcionários; os usuários estão mais maduros e usam menos sites pessoais; ou as empresas estão aplicando filtros mais severos.

Os sites mais acessados pelos trabalhadores brasileiros são os de serviços financeiros e internet banking - 74% dos funcionários navegam por este tipo de site no trabalho. Dividindo o primeiro lugar, também com 74%, aparecem os sites governamentais. A categoria, que tinha apenas 20% dos acessos no ano passado - teve um boom graças ao aumento de serviços públicos na web, segundo os responsáveis pelo estudo.

Os sites de notícia aparecem em seguida, sendo usados por 70% dos funcionários no trabalho, e, na seqüência, vêm os serviços de webmail como Gmail, Hotmail e Yahoo Mail, usados por 58% dos trabalhadores brasileiros. (via idgnow.uol.com.br)

Saiba mais (idgnow.uol.com.br).

Nenhum comentário: